Para onde ir em Junho

Junho é mês para curtir o sol da meia-noite e lindas praias europeias. Este é o mês em que o sol é celebrado em diversos destinos pelo mundo. Seja em uma praia da Croácia, em um evento inca no Peru ou nas longínquas paisagens da Noruega (onde a luz do dia chega a durar 24 horas), o astro-rei será, talvez, a grande estrela do mundo das viagens nestes próximos 30 dias. Em junho, é ele que deixa diversos lugares do planeta mais bonitos, atraindo forasteiros e motivando várias manifestações culturais. Aproveitando o bom clima no Hemisfério Norte, animados festivais de música invadem cidades dos Estados Unidos e Europa.

Abaixo, veja destinos ideais para visitar neste mês.

Praia e música na Croácia

01

Junho já é época de começar a sentir o clima do verão europeu nas lindas praias da Croácia. Já há algum tempo, esse país dos Balcãs se tornou um dos mais populares locais de veraneio para turistas do Velho Continente. E não é para menos: as paisagens litorâneas de lugares como Split, Dubrovnik, Pula e a ilha de Brac (na foto) são encantadoras e rodeadas pelas águas cristalinas do mar Adriático. Além das praias, a Croácia oferece, neste mês, um dos mais divertidos festivais musicais do Velho Continente: o INmusic, realizado na cidade de Zagreb entre os dias 22 e 24 de junho e que, neste ano, contará com nomes como Placebo, Florence and the Machine e Eagles of Death Metal.

Dias intermináveis na Noruega

02

Ao viajar, você gosta de curtir o sol e ter uma luz natural interminável para fazer suas fotografias? Pois, em junho, a Noruega é um cenário ideal para suas aspirações. Nessa época, a claridade do astro-rei chega a durar mais de 20 horas em território norueguês. Se a jornada tiver como destino as paisagens fantásticas do norte do país, o cenário melhora ainda mais: em lugares acima do Círculo Polar Ártico, a luz do dia chega a durar 24 horas, presenteando os viajantes com o inesquecível sol da meia-noite. O dia 4 de junho em Bodo e o dia 12 de junho em diversos destinos do círculo ártico serão, segundo o órgão de promoção turística norueguês, datas em que possivelmente ocorrerá o sol da meia-noite.

Blues em Chicago

03

Em junho, Chicago, uma das cidades mais musicais dos Estados Unidos, sedia um festival de blues que reúne alguns dos principais artistas do estilo que consagrou B.B. King. São três dias de shows gratuitos, realizados entre 12 e 14 de junho no Grant Park. Neste ano, o evento contará com apresentações de artistas como Zara Young, Eddie Shaw & The Wolfgang, Shawn Holt & the Teardrops, Patrice Moncell e a lenda Buddy Guy. Por esse festival já passaram, em outras edições, nomes como Etta James, Stevie Ray Vaughan, Willie Dixon e, lógico, o saudoso B.B. King. E o clima promete estar agradável na metrópole americana para curtir essa enorme festa ao ar livre.

Celebração ao astro-rei no Peru

04

A região da cidade peruana de Cusco será palco, em 24 de junho, do tradicional festival Inti Raymi, que reencena a celebração inca em homenagem ao deus-sol Inti, um dos mais importantes eventos daquela civilização, quando os participantes realizavam sacrifícios de animais para o astro-rei. O Inti Raymi foi “ressuscitado” em meados do século 20 e, hoje, exibe para os visitantes uma linda procissão de vestimentas típicas, discursos em idioma quéchua e a simulação do sacrifício de lhamas. Vale muito a pena se programar para ver esse evento antes ou depois de uma incursão a Machu Picchu.

Clima agradável no Rio de Janeiro

05

O Rio de Janeiro é uma cidade famosa pelo seu agitado verão, com temperaturas passando dos 40ºC e as praias tomadas por legiões de nativos e turistas. Se agradam a alguns, o calor e a muvuca podem ser um fator opressivo para muita gente. Portanto, se você é daqueles que gostam de uma praia com clima mais ameno, junho é um bom mês para visitar a Cidade Maravilhosa. Nessa época, a temperatura máxima média tende a ficar nos 25ºC, nível que ainda permite ao viajante curtir as areias de cartões-postais como Ipanema, Leblon, Copacabana e Barra da Tijuca (e, à noite, não suar muito nos sambões da Lapa).

Desertos da Namíbia

06

A Namíbia é um país com algumas das paisagens desérticas mais lindas do mundo e, em junho, tais cenários inóspitos podem ser explorados de maneira agradável pelo turista. Junho é uma época em que a temperatura esfria na nação africana, facilitando passeios por locais como o Namib Rand Nature Reserve, que tem 180 mil hectares e onde é possível curtir opções como safáris para observação de animais selvagens, passeios de quad biking e até piqueniques no deserto. Voos de balão também podem ser realizados sobre as paisagens surreais da Namíbia. Lar de mais de 100 espécies de mamíferos, como rinocerontes, impalas, elefantes, girafas e leões, o Etosha National Park também deve fazer parte do roteiro da viagem.

Festanças em Macau

07

Macau, ex-território português localizado na Ásia, é um destino extremamente interessante em junho. Neste mês, o local é palco de uma série de festas que, com certeza, irão fascinar o forasteiro. Entre 13 e 21 de junho, por exemplo, o destino sedia o Festival da Flor de Lótus, em que a flor cobre alguns dos principais cartões-postais, ruas e parques de Macau (e é servida como comida em restaurantes locais). Já em 13, 14 e 20 de junho, o lago Nam Van é palco de fascinantes corridas de barcos com formato de dragão conhecidas como “Dragon Boat Races”. As embarcações chamativas são uma ótima oportunidade para fotos.

Mar asiático

08

Junho costuma ser uma época de temperaturas elevadíssimas e monções em diversos destinos asiáticos. Mas, caso você queria visitar a região nesse período, a Malásia pode ser uma boa opção para escapar de contratempos climáticos. O país abriga as paradisíacas ilhas Perhentian (na foto), que, em junho, se mantêm com clima relativamente seco e temperaturas excelentes para pegar uma praia. As águas que banham a área são cristalinas, constituindo um local perfeito para a prática de mergulho e snorkel. Nessas ocasiões, o turista chega a ver enormes tartarugas-marinhas.

Vida selvagem nos EUA

09

Localizado entre os Estados de Wyoming, Idaho e Montana, e dono de lindas montanhas e lagos, o Yellowstone National Park é uma das mais fascinantes áreas naturais dos Estados Unidos. O mês de junho, por sua vez, é considerado uma das melhores épocas para ver e admirar animais selvagens por lá. Ursos-cinzentos e carneiros-selvagens são algumas das estrelas dessas paisagens, que ainda contam com boa parte dos geysers que existem no planeta. O Yellowstone fica no centro-oeste dos Estados Unidos, um pouco longe dos destinos turísticos mais famosos do país. Mas o esforço para ir até lá vale a pena.

Festas juninas

10

Diversas cidades brasileiras são tomadas pela alegria das festas juninas neste mês. Trata-se de uma ótima oportunidade para curtir um dos eventos mais originais do país, sempre recheados de música, danças e comida. As melhores cidades para se esbaldar estão no Nordeste, como Campina Grande (PB), Caruaru (PE), Aracaju (SE), São Luís (MA), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Assú (RN) e Teresina (PI). Diversos desses eventos contam com shows de nomes famosos da música brasileira, como Elba Ramalho e Alceu Valença.

Fonte: UOL

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*